terça-feira, 6 de setembro de 2011

Sistema Cardiovascular

Resumão:
Sistema Cardiovascular
uma vasta rede de tubos de vários tipos e calibres que permite a comunicação de todas as partes do corpo através do sangue impulsionado pelo coração.”

Funções
  1. Transporte: Nutrientes, Gás (O² e CO²),Hormônios e Excretas Nitrogenadas (Ureia,ácido Úrico)
  2. Regulação: Temperatura Corpórea
  3. Defesa: Plaquetas:coagulação Anticorpos e Leucocítos

Circulação
Pulmonar (pequena circulação) - Coração -Pulmão -Coração , Encontramos o CO²  como o principal gás e ocorre do Lado Direito do Coração

Sistémica (grande circulação) - Coração -Tecidos - Coração, Encontramos o O² como o principal gás e ocorre do Lado Esquerdo do Coração


Como ocorre Todo o Processo de Circulação Cardíaca!

COISAS QUE VOCE DEVE SABER ANTES DE COMEÇAR!
  1. Todo o sangue que chega no nosso coração são por VEIAS
  2. Todo o sangue que sai do nosso coração são por ARTERIAS
  3. Quando cito (TECIDOS) me refiro á todas as partes do corpo
  4. Sangue Venoso( com CO²)
  5. Sangue Arterial ( com O²)
  6. Respiração Celular 
  7. Troca Gasosas.
Essa figura (Horivel) ira lhe ajudar a entender melhor o processo!

Vamos "SUPOR" que o coração é esse Quadro em Vermelho com 2 Átrios e 2 Ventrículos, entre eles as válvulas Tricúspide (direito) e Bicúspide (Esquerdo).


------------------------------------
I- O sangue venoso chega ao coração pelas Veias Cavas Superior e Inferior entram no Atrio Direito,Passam pela Valvula Tricuspide, chegam no Ventriculo Direito e é impulsionado para os Pulmões pela Arteria Pulmonar onde haverá a troca gasosa.

II- Depois das  trocas gasosas o sangue Arterial sai do Pulmões pelas Veias Pulmonares onde chegam no Atrio Esquerdo passam pela valvula Biscupide ou Mitral, chegam no Ventriculo Direito e o sangue é impulsionado para a Arteria Aorta que leva o sangue Arterial para os Tecidos.

III- Apos a Respiração Celular o sangue Arterial transforma-se em Sangue Venoso e retorna ao coração para o recomeço do proceso!


TECIDO CARDIACO

T. Contratil: Músculo Cardiaca, encontramos nos Atrios e Ventriculos, mesma contração que o musculo esqueletico a diferença é que a contração é muito maior, ritmica e involuntaria
T. não contratril: Fibroso e Cartilagionoso encontramos nas Valvulas cardiacas (Tri e Bicuspide, Pulmonar e Aortica)
T. Excito Condutor: Nodos,feixes e nas fibras de condução ( as quais dão a ritmicidade e velocidade variaveis)

------
O músculo Esqueletico Cardiaco é composto por fibras que se dispõem lado á lado (interligadas) e por isso é chamado de Sincício, os quais juntam e se separam entre si pelas "Junções de Aberturas", assim existe uma grande vantagem pois nesse tipo de disposição de fibras o impulso , uma vez atingindo uma célula passa com grande facilidade ás outras.
  • Sincício Atrial e o Sincício Ventricular
Os dois são separados por uma membrana tecido fibroso. Isso possibilita que a contração nas fibras que compõem o sincício atrial ocorra em tempo diferente da que ocorre no sincício ventricular.
Isso concorre para a perfeição do batimento cardíaco,ou seja, enquanto o átrio se contrai (sístole) o sangue é ejetado para ventrículo (em diástole), e quando o átrio relaxa (diástole), o ventrículo se contrái (sístole) proporcionando assim o fechamento das válvas e impulsionando o sangue para as artérias. Portanto, o "atraso" dos impulsos, ocasionado pela membrana de tecido fibroso entre átrios e ventrículos, causa diferença de contração  entre eles.
Agora sabemos que existe dois tipos de Sincício, e o como eles auxiliam no Batimento Cardiaco, Iremos conhecer mais sobre o Sistema de Purkinje que é direciona á esse tema .

SISTEMA DE PURKINJE

Sistema Condutor e Excitatório, Formado por Fibras Excitavéis.


Esse Sistema explica como chega o impulso nervoso no coração ,na hora que o Sangue entra no atrio, e como ele passa  fazendo a Contração dos Atrios e Ventriculos.
Novamente uma figura (não muito bonita)!

Nesse "nosso coração" vemos uma bolinha vermelha localizado na base superior do atrio direito proximo a veia cava superior essa bolinha chama-se Nodo Sinu-atrial ou Nodo Sinusal , ele recebe o impulso nervoso (IN) e passa para a outra bolinha vermelha no "centro" do coração localizada no septo interventricular,que é chamada no Nodo Atrio-Ventricular.

NOTE:
O impulso que vem  lá do cantinho e desse por todo septo interatrial e quando chega no septo interventricular passa á outro Nodo.

Quando o IN chega no Nodo Atrio-Ventricular, passa por todo Septo interventricular onde fica Localizado alguns feixes conhecidos por Feixe A-V.
Esses Feixes A-V impulsionan o IN,até os Ramos Direito e Esquerdo do Feixe de Hiss.

O feixe de Hiss como é conhecido Leva o IN para os Ventriculos D e E.


CONTINUANDO...
Acoplamento Excitação Contração

Apos todo esse percurso no Coração, o Estimulo (Impulso Nervoso IN) vai chegar aos Neuronios....

IN passa pela Sinapse (Junção neuromotora) , chega na Fibra Muscular, entra no Sarcolema (membrana plasmatica da cél. muscular), Tubulos T (onde fica armazenado Calcio), passa pelos Reticulos Sarcoplasmaico, ocorre a Liberação de Ca++, vai para o sarcoplama , onde Promove a contração Muscular.

Outra figurinha para tentar auxiliar no estudo!




Esse motão de coisas,ocorrer em menos de segundos no nosso coração, todas as HORAS...

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Você conhece?


A varfarina ou warfarina é um fármaco do grupo dos anticoagulantes, que é usado na prevenção das tromboses. É usada também em altas doses como veneno para roedores

REFERÊNCIAS
  1.  VARELLA,Drauzio. Doença de Kawasaki.Disponível em:<http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/doenca-de-kawasaki/>. Acesso em:23 de Ago. de 2011 
  2. PAGE,Clive et al. Farmacologia Integrada,Tradução da 2d.: Ida Cristina Gubert ,2 ed,São Paulo: Monele Ltda,2004,pag. 412 á 413.




Síndrome de Kawasaki
(Doença de Kawasaki)

Nunca tinha ouvido falar dessa doença, apesar de afetar o principal órgão do corpo  o Coração!
Irei descrever um pouco sobre essa síndrome, usarei alguns fontes da Internet e a literatura de  Farmacologia Integrada  a qual referenciarei no final, esse texto serve para obtenção de informação, não deve ser utilizado em pesquisa,quem tiver interesse maior busque na literatura,pois irei alterar os textos de modo explicativo.

---A doença de kawasaki é uma vasculite generalizada que causa dano extenso aos vasos cardíacos podendo, por conseguinte, ser fatal .


Não se conhece a etiologia da doença ou seja a sua casa (assim como a da maioria das vasculites). Entretanto, algumas hipóteses são citadas:

Resposta imunológica: para combater uma agressão, as células de defesa do corpo produzem algumas substâncias com o objetivo de reparar o dano. Os anticorpos fazem parte dessa resposta. Em algumas situações, no entanto, eles podem voltar-se contra o próprio organismo e lesar outras células.
Ainda não se sabe por que isso acontece.

Infecções: foi levantada a possibilidade de que a doença de Kawasaki seja causada por um agente infeccioso, uma vez que os sinais e sintomas são parecidos com aqueles de algumas doenças virais.
Além disso, há o fato de que ela ocorre em surtos e é mais freqüente no inverno.
A constatação de que crianças com menos de seis meses são raramente acometidas pela doença sugere que, durante a amamentação, a passagem de anticorpos maternos fortaleça a imunidade dos bebês. 

-Fase aguda
Caracterizada por arterite dos vasos de grande e médios calibes, aneurisma* arteriais,valvulites** e miocardite***.
Particularmente importantes são as aneurismas das artérias coronárias que podem desencaderar trombose****.

-Classificação de Risco

Os pacientes com a doença podem ser classificados de acordo com o risco relativo de isquemia de miocárdio em uma escala de 1-5.

1º á 3º nível
Nenhuma terapia é recomendada , são observados aneurisma isolados de artérias coronárias de pequeno ou médio tamanho, podendo ser prescrito ácido acetilsalicílico o mesmo de Aspirina.

4º nível
Caracteriza-se pela presença  de um ou mais aneurisma gigantes de artéria coronárias ou múltiplos aneurisma de pequeno e médio tamanhos sem obstrução,e é tratado com aspirina,com ou sem adição de warfarina*****

5º nível
Considerado nível de risco elebado de infarto do miocárdio possuem evidências de obstrução das artérias coronárias , são tratados com aspirina, com ou sem warfarina, e com antagonista de Ca++ ou Ca²+ para reduzir a demanda de oxigênio do miocárdio.


Gamaglobina

Estudos recentes demonstraram que a terapia por gamaglobina (proteína que participa do sistema imunológico) intravenosa (na veia) antes do 10º dia da doença pode reduzir a morbidade da doença de Kawasaki e a aparente incidência de anormalidades  das artérias coronárias.
O preparado da gamaglobina contém anticorpos contra vários vírus presentes na população.
Estes anticorpos são direcionados ao envelope viral e podem neutralizar alguns vírus e impedir sua ligação ás células do hospedeiro.

Para mais informações sobre á doença de Kawasaki na pediatria indico o site do Dr. Drauzio Varella

TERMOS E SEU SIGNIFICADO

* Aneurisma, Wikipédia, a enciclopédia livre http://pt.wikipedia.org/wiki/Aneurisma

Aneurisma: é uma dilatação vascular de uma artéria, podendo ocorrer em basicamente qualquer artéria. Seu perigo está no fato de poder romper-se ou trombosar, provocando isquemia dos tecidos irrigados pela artéria atingida.

Inflamação das válvulas do coração

Miocardite é uma inflamação do miocárdio, a camada muscular grossa da parede do coração. Esta condição incomum pode resultar em uma variedade de sinais e sintomas, incluindo dor no peito (angina), batida anormal do coração e parada cardíaca de congestiva

Trombo) significa coágulo sangüíneo. Trombose é a formação ou desenvolvimento de um trombo.
A trombose pode ocorrer em uma veia situada na superfície corporal, logo abaixo da pele.

quarta-feira, 23 de março de 2011

- Ascaris lumbricoides

~São vermes do filo nemathelminto ( cilindricos,sem segmentação,simetria bilateral,sistema digestivo desenvolvido,respiração cutanea e endoparasita)

È uma parasitose benigna cauda pelo verme nematoda Ascaris lumbricoides conhecida também como lombriga ou bicha.È uma verminose intestina humana mais desseminada no mundo.
A contaminação ocorre quando há ingestão dos ovos infectados do parasita,que são encontados no solo,água ou alimentos contaminados por fezes humanas.
ciclo
monoxenico: unico hospedeiro
o homem contaminado evacua liberando os ovos pelas fezes, proximos as plantações,rios,lagos.
Dentro dos ovos a primeira larva L1 tem a forma tipo rabitoide (pois o esofago com duas dilatações uma em cada extremidadde e uma contrição no meio) - L1- rabitoide
Àpos uma semana ainda dentro do ovo a larva sofre uma transformação para L2 -rabitoide , em seguida para L3- filaroide forma infectando.

Ocorrendo a ingestão do ovos contendo a L3- filaroide percorrem todo trado digestivo e ecladem no intestino delgado,depois para as veias e vasos linfaticos,invadem o fígado e o coração.
Cerca de 8 dias as larvas mudam para L4- filaroide , ropendo os capilares e alvéolas tranformando-se em L5- filaroide.

Sobem até a arvore brôniquica e traqueia chegando até a faringe,podendo ser expelidas com a expectoração ou serem deglutidas.

20 á 30 dias os vermes já encontram-se adultados
Em 60 dias estão maduros sexualmente,fazendo a copula.
Vivem até dois anos



Sintomatologia
1- fase pulmonar: tosse seca,dificultade respiratoria,febre e irritação bronquica
2- fase digestiva: flatulencia,dor abdominal,colica,digestão dificil,nausea,vomitos,diarreia,presença de vermes nas fezes

Diagnostico
È realizado pelo a observação das fezes

Tratamento:
mebendazol
albendazol

Prevenção
  1. educação sanitaria
  2. saneamento basico
  3. cuidados higienicos com a preparação de alimentos
  4. tratamento da água para consump
  5. higiene pessoal
  6. combate á mosca e barata pois podem veicular os ovos
  7. tratamento dos doente
  8. remedios indicado pelo medico

comenta!

comenta!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Termos : Geofagia?

É uma prática de comer substâncias terrestres (como argila,areia,barro), frequentemente para melhorar uma nutrição deficiente em minerais.

O hábito da geofagia é muito antigo existindo referencias desde a época dos faraós do Egito, sendo um hábito universalmente expandido, com muitas variantes em sua prática e com diversos significados: nutricionais, psicológicos/psiquiátricos, terapêuticos, antropológicos, místico/religiosos e antropológicos (4). Na selva amazônica por não ser fácil se conseguir sal, grupos indígenas realizavam praticamente uma peregrinação anual em busca da terra salgada. Existem alguns lugares no mundo — Peru, Escandinávia — em que a argila é material comestível. Em algumas regiões da África a prática da geofagia está associada a crença de que durante o primeiro trimestre da gestação diminui as náuseas e estimula a secreção láctea.



quarta-feira, 16 de março de 2011

Fisiologia- Fases de contração muscular


FASES DA CONTRAÇÃO MUSCULAR 
Não é muito fácil compreender como ocorre esse processo muscular então dividiremos em 3 etapas   
" Excitação, Contração e Relaxamento"
 Como sempre temos que revisar outro assunto antes de ir para as fases
" Neurónio- transmissão de informação"

Os dendritos recebem as informações SNC ( Impulso nervoso) são processadas no corpo repassadas ao longo do axônio onde chegaram as vesículas (essas pontinhas mais finas no final) onde são transmitidas para as células após a Sinapse (relembrando) processo onde a liberação no neurotransmissor (acetilcolina) onde repassa o impulso. 




Excitação
  1.  Começa quando o impulso nevoso chega á junção neuromuscular
  2. Libertação do neurotransmissor na fenda sináptica ocorrem a Sinapse
  3. O Potencial de ação (impulso nervoso) na placa motora.
  4. Despolarização (passa o impulso nervoso) para a membrana Sarcolema.
  5. O responsável pela transmissão do potencial de ação é os Túbulos T
  6. Liberação de cálcio no sarcoplasma pelo retículo plasmático
    --- Explicando
 A fibra Muscular é envolvida por Vasos Sanguíneos e pelo Sarcolema, distribuídos pelo sarcolema há pequenos orifícios os Túbulos Transverso ( Túbulos T)  são evaginações no sarcolema que atravessam a fibra de um lado á outro,através de toda sua espessura.
 Dentro da Fibra envolvendo as miofibrilas a um compartimento membranoso denominado Retículo Sarcoplasmatico ele reversa o Íon Cálcio (essencial para contração muscular) que é liberado assim que o impulso nervoso é transmitido pelo os Tubulos T.


Contração
  1. A ligação do calcio com a troponina
  2. Liberação dos sitios de actina
  3. Estabelecimento da "ligação forte"  entre actina e miosina
  4. Movimentação da cabeça da miosina ( ATP)
  5. Encurtamento muscular
-- Explicação
Quando o Ca é liberado pelo reticulo é recebido na Troponina ( proteina que circunda a actina), quando esse contato é estabelecido a troponina abre o sitio de actina, onde a Miosina e actina estabelece essa ligação forte, a miosina movimenta-se até liberar ADP+ pi e quando ela faz isso a um encurtamento muscular..
Para a miosina se dissosie da actina é necessario que o ATP se lige novamente com ela


---------------------------------HISTORINHA------usando a imaginação,criatividade e ciência
PERSONAGENS e outros:
lembre-se dos persongens
Você – miosina
Amiga- Calcio
Corrente – troponina
Mãe da sua amiga-  Reticulo sarcoplamatico
Energia- ATP
Stress – ADP + Pi
Você (miosina) com todo seu ATP vai visitar uma amiga (calcio), chegando até no  portão do sitio dela você encontra uma corrente (troponina) impedido sua entrada, com raiva você tranforma sua energia em stress (ATP em ADP + Pi( fosfato ionizado))  ,você bate palma,toca a campainha até que  a mãe da sua amiga ( Reticulo sarcoplamatico) libera  (calcio) para abrir o portão e quando quando você entra libera todo o stress ( ADP+PI) e para sair você tem q recupera toda sua energia novamente.Pois estão essa ligação forte não sera quebra casando o rigor.
RELAXAMENTO MUSCULAR
  1. Ausencia de impulso nervoso
  2. Retorno de calcio para Reticulo sarcoplasmatico
  3. Troponina x Calcio
  4. Estabelecimento de ligação fraca de ATP

 ~VIDEO PARA COMPLEMENTAR O ASSUNTO
video



Fisiologia- Contração Muscular




Antes de tentar explicar como ocorre a contração muscular temos que aprender como é o Tecido Muscular..
Irei tentar repassar uma aula que meu professor nos deu na sala...
Minha referencia bibliografica :
GUYTON,Arthur C.Fisiologia Humana. 6 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan,2008. Cap. 6 e 7

---Fisiologia Humana , Guyton---

Então vamos começar...=)


TECIDO MUSCULAR
Células Estriadas Esqueléticas :
São cilíndricas, alongadas, multi nuclear ( com vários núcleos),com estrias transversais*
A contração é rápida e Voluntária:
Ex.: Biceps e Triceps


Células Estriada Cardíaca :
São ramificadas ,alongadas, irregulares
Mono ou Binuclear ( 1 ou 2 núcleos) centrais
Entre elas á o Disco Intercalar (veja na figura)
q proporciona mais adesão e facilita a passagem do impulso cardíaco de uma célula para outra.
Com estrias Transversais *
Contração involuntária, vigorosa e rítmica
 Exemplo: Músculo do Coração
Células Lisa :
São fusiforme ou seja esse formato da figura partes iniciais e finais finas e globosa aonde aloja o núcleo central (Mono nuclear),alongadas  e sem estrias Transversais*
Contração involuntária e lenta.

*Estrias transversais: Devido ao padrão de organização dos miofilamento de actina e miosina.
( como elas estão dispostas nas células)






PROTÉINAS MUSCULARES
As principais são Actina e Miosina --mio filamentos
encontramos também a troponina,tropomiosina.

ESTRUTURA DA CÉLULA MUSCULAR

Nas células animais existe uma organização celular, como todos vimos em biologia as organelas celulares vou relembrar : membrana plasmática (M.P) no seu citoplasma encontramos as Mitocôndrias, Lisossomas e etc..

Na célula muscular não é diferente á pequenas mudanças nos nomes e acrescentaremos também o componente principal dos músculos a  Fibra como veremos adiante:

Fibra Muscular--> são estruturas que localizam-se internamente aos músculos
Miofibrila --> é o que compões cada fibra muscular e que é composta por filamentos de actina e miosina

   ENTENDENDO:
Temos o MUSCULO  formado internamente por FIBRAS MUSCULARES as quais são compostas por MIOFRIBRILAS que contem na sua estrutura as proteínas Actina e Miosina
( Veja na figura ao lado)







CAMADAS DE REVESTIMENTO
Antes de vermos a organização celular temos também de entender as camadas de revestimento dos músculos e componentes:

EPIMISIO-->camada que reveste o músculo todo
PERIMISIO--> camada que envolve os feixes onde ficam localizada a fibra muscular
ENDOMISIO--> camada que envolve apenas as  Fibras musculares

    COMPONENTES DA CÉLULA MUSCULARES
Sarcolema é a membrana celular da fibra muscular  (membrana plasmática)
Sarcoplasma é o citoplasma,onde as miofibrilas ficam suspensas no interior da fibra muscular.
(O liquido contem grandes quantidades de potássio,magnésio,fosfato, enzimas proteica e Mitocôndrias)
 Retículo sarcoplasmático é tem uma organização especial que extremamente importante para o controle da contração muscular. (Retículo endoplasmatico Liso)
É  um compartimento membranoso que envolve a miofibrila ( veremos mais tarde)
Ele reserva o ion Calcio que é fundamental para contração muscular.

Retículo endoplasmatico rugoso: pouco desenvolvido , participa do processo das sinteses proteica.

-----Figura para Compreensão---
    

Tendões - fazem a ligação osso -músculos
--MUSCULO envolvido pelo Epimisio,Feixe de Fibras envolvidas pelo Perimisio  temos os capilares sanguineos e as Fibras Musculares envolvidas pelo endomisio.
Miofibrila que constitui as fibras musculares contendo as proteínas contrateis actina e miosina

SARCÔMERO e o restante--veremos a seguir..





SARCOMÊRO
Unidade contratil da fibra muscular.
é o que faz ocorrer a Contração Muscular.

Já vimos que o músculo,é formado por feixes de fibras que essas são compostas por miofibrila a qual contém as proteínas contráteis no acaso ACTINA E MIOSINA..
Essas duas proteínas são organizadas transversalmente (horizontalmente) por isso os tecidos musculares esquelético estriado e liso tem as Estrias transversais.(já vimos no comecinho)

Esse parte do capitulo é um pouco mais complicado então vamos precisar de algumas imagens.

 
Essa imagem em escala cinza  são os miofilamentos de actina e miosina que  dividiremos em 3 partes:
1- parte mais branca com essa linha preta no meio
chama-se de BANDA I ou Isotropica e essa linha preta chama-se de Linha Z nessa linha Z estão ligadas os Filamentos de ACTINA que são filamentos finos

2- parte mais escura com essa linha branca no meio chama-se de BANDA A ou Anisotropica e essa linha branca de Linha H  no seu meio encontramos a Miosina filamento mais Espesso

3- parte é a primeira novamente

E o sarcomero é toda a PARTE ENTRE AS DUAS LINHAS Z.

                                         Então é nessa sequência que estará distribuída em toda faixa do miofilamento.



A contração do músculo esquelético é voluntária e ocorre pelo deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina.
Nas pontas dos filamentos de miosina existem pequenas projeções, capazes de formar ligações com certos sítios dos filamentos de actina, quando o músculo é estimulado.
 Essas projeções de miosina puxam os filamentos de actina, forçando-os a deslizar sobre os filamentos de miosina.
Isso leva ao encurtamento das miofibrilas e à contração muscular. Durante a contração muscular, o sarcômero diminui devido à aproximação das duas linhas Z, e a Banda A proximo a linha H .



Indico esse Video para Complemento das Informações


Ultima Figura para Revisar-mos o Assunto:

Musculo é revestido pelo perimísio e formado por feixes que são envolvidos pelo epímisio os feixes contem as fibras musculares revestidas pelo endomisio as quais são compostas dos miofibrilas  que contém as proteínas actina e miosina  e que estão localizada no sarcolema.
Essas miofibrilas são distribuidas em miofilamento com actina e miosina que são organizadas transversalmente,quando observamos encontramos o sarcômero que é a unidade contratil da fibra muscular tendo na sua formação as Bandas I e A com as duas linhas Z e a linha H.
E como você já viu no video...tudo ficou mais facil..


FASES DA CONTRAÇÃO ESTA EM OUTRA POSTAGEM
Onde você vai encontra do incio da contração ao final do relaxamento muscular.